Grupos de Trabalho

Os Grupos de Trabalho (GTs) do SINDIFES constituem instância de debates, informação e circulação do conhecimento de temas diversos, organizando-se em torno de seus membros, de diferentes unidades da base do Sindicato, sob coordenação de um diretor da entidade.

Funcionando como órgãos de estudo e assessoramento técnico à Diretoria Executiva Colegiada do SINDIFES, os GT´s não tem caráter deliberativo. Os resultados dos trabalhos desenvolvidos nos mesmos são remetidos à Diretoria Executiva Colegiada para posterior apreciação e deliberação.

A Diretoria do SINDIFES, no ano de 2010, publicou resolução que normatiza o funcionamento dos GT´s, com o objetivo de dar tratamento isonômico a todos os grupos de trabalho que atuam no âmbito da entidade.

Grupos de Trabalho

Na atual gestão, o SINDIFES, possui em funcionamento regular, os seguintes GTs:

  • GT Anti-Racismo;
  • GT Aposentados;
  • GT Carreira;
  • GT Educação;
  • GT Meio ambiente;
  • GT Mulheres;
  • GT Saúde do Trabalhador;
  • GT Segurança.

Caso, você, trabalhador da UFMG, CEFET-MG e UFVJM, queira participar das discussões propostas pelos GT´s, entre em contato com o Sindicato e faça seu cadastramento no grupo no qual tenha interesse.


Resolução nº 01, de 05 de agosto de 2010 - Regulamentação dos Grupos de Trabalho

Da definição e objetivos

O Grupo de Trabalho (GT) é um órgão de estudo e assessoramento técnico à Diretoria Executiva Colegiada do SINDIFES. O GT não tem caráter deliberativo e todos os assuntos nele discutidos, bem como as propostas e encaminhamentos apresentados no mesmo, serão objeto de discussão e deliberação na Diretoria Executiva Colegiada.

Da coordenação

O GT será coordenado por membro/s da Diretoria do SINDIFES, prioritariamente ligado/s à pasta cujo tema estiver em discussão, indicado/s pela direção.

Das reuniões

O GT se reunirá sempre que for demandado, ficando a convocação a cargo da Diretoria Executiva Colegiada do SINDIFES, que se encarregará da sua divulgação no/s veículo/s de comunicação da entidade e/ou outro/as que achar conveniente/s e necessário/s.

a) a coordenação da reunião poderá ficar a cargo de um dos seus integrantes, que tenha conhecimento técnico específico e reconhecido, indicado por membro/s da Diretoria;
b) a/s tarefa/as atribuída/as ao GT e/ou o/s tema/s específico/s discutido/s terá/ão prazo determinado para a sua conclusão.

Dos critérios para participação

  • Podem participar do GT
  • Servidores Técnico-Administrativos em Educação da base do SINDIFES;
  • Servidores Docentes sindicalizados ao SINDIFES.
  • Da participação em eventos e atividades

Para participar de encontros, seminários, reuniões e demais eventos locais, regionais, nacionais, demandados e/ou convocados pela FASUBRA e suas instâncias, centrais sindicais, fóruns e outros espaços de formação e organização, é necessário que os participantes obedeçam aos critérios abaixo-relacionados:

  1. Ser obrigatoriamente sindicalizado;
  2. Ser assíduo às reuniões;
  3. Ter participação ativa nas discussões e atividades sindicais, organizativas e do movimento social, dentre outras;
  4. Ter conhecimento técnico, se possível, do tema a ser discutido.

Das deliberações e encaminhamentos propostos pelo GT

O GT poderá sugerir nomes, entre seus membros sindicalizados, para participação de encontros e eventos em geral, desde que os mesmos estejam dentro dos critérios estabelecidos no GT e/ou nas instâncias do Sindicato:

  1. o GT indicará, no máximo, 03 (três) integrantes entre seus membros para participar dos eventos locais, regionais, e nacionais;
  2. a Diretoria Executiva Colegiada indicará 02 (dois) representantes entre seus membros para participar dos eventos locais, regionais, e nacionais;
  3. todos os nomes indicados pelo GT deverão ser aprovados pela Diretoria Executiva Colegiada;
  4. os indicados só poderão apresentar e discutir nos encontros/eventos o que foi objeto de estudo, discussão e acordo no GT e deliberado pelo Diretoria e/ou por instância superior;
  5. todos os participantes serão obrigados a apresentar relatório individual ao retorno da tarefa. A não apresentação de relatório constituirá impedimento para participação em eventos posteriores.

Das demais deliberações

Os casos não previstos nesta resolução serão dirimidos pela Diretoria Executiva Colegiada do SINDIFES.

Diretoria Executiva Colegiada - Aprovado em reunião de Diretoria no dia 05 de agosto de 2010.