Categoria aprova apoio do SINDIFES à CHAPA 2 – UFMG PÚBLICA E DIVERSA – no segundo turno da consulta para a Reitoria da Universidade

Em assembleia geral da Categoria dos Trabalhadores e Trabalhadoras Técnico-Administrativos em Educação da UFMG, realizada na Escola da Engenharia, campus Pampulha, na manhã de quinta-feira, 16 de novembro, os presentes deliberaram pelo apoio da Categoria e do SINDIFES, institucionalmente, à CHAPA 2 – UFMG PÚBLICA E DIVERSA -, integrada pela professora Sandra Goulart e pelo professor Alessandro Moreira, que disputa o segundo turno da consulta para a nova reitoria da UFMG, quadriênio 2018/2022.

Tal decisão foi tomada pelo coletivo dos trabalhadores, após várias intervenções, balizada pelas análises e reflexões amadurecidas no decorrer do processo eleitoral. Nós, da direção do SINDIFES, entendendo a responsabilidade de tal deliberação e a importância do nosso apoio ao Programa de Gestão proposto pela Chapa 2 - construído também com a participação dos TAE -, submetemos nossa avaliação à Categoria, considerando não as nossas preferências pessoais e, sim, as referências dos companheiros e companheiras no dia-a-dia e no trabalho nas unidades acadêmicas e administrativas desta Universidade.

As conquistas da nossa Categoria na UFMG não se deram individualmente. Reconhecemos o valor de cada pessoa que buscou se qualificar, mas as condições que propiciaram o avanço foram criadas pela ação COLETIVA do nosso Sindicato, nos muitos movimentos reivindicatórios, na busca da representação e intervenção qualificada nos órgãos e comissões de deliberação superior, na participação política, na ação direta em busca da superação da nossa histórica condição de subalternidade no ambiente laboral. Porém, a nossa maior conquista nesta instituição foi a construção da identidade de trabalhadores e trabalhadoras Técnico-Administrativos em Educação, capazes de intervir no ambiente do trabalho e modificá-lo.

Repudiamos o binarismo que caracteriza as disputas ideológicas, tipo o “bem versus o mal”. Entendemos que as duas chapas que chegaram ao segundo turno da consulta para a nova reitoria da UFMG têm valores pessoais, acadêmicos e administrativos. Porém, nossa escolha considerou que a CHAPA 2 – UFMG PÚBLICA E DIVERSA – Sandra e Alessandro, expressa melhor as demandas e expectativas da Categoria. É por isto que o SINDIFES, uma instituição reconhecida local e nacionalmente por sua luta em defesa dos Técnico-Administrativos em Educação e da universidade pública, gratuita e socialmente referenciada, vem se juntar à campanha para eleger a CHAPA 2 para a Reitoria da UFMG.

Entretanto, esclarecemos que APOIO não é ADESÃO IRRESTRITA. O maior compromisso do SINDIFES é com os trabalhadores por ele representados e este sempre será o nosso norte. A arte da política é construir diálogos e consensos, mas temos lado, e ele é o da Classe Trabalhadora.

Com esta DELIBERAÇÃO COLETIVA dos TAE da UFMG, a Direção do SINDIFES orienta que a Categoria vote na CHAPA 2, no segundo turno das eleições para a Reitoria, que acontecerá nos dias 21 de novembro (apenas no Hospital das Clínicas, das 6h às 20h30), e 22 de novembro (no Hospital das Clínicas e em TODAS as demais unidades e campi da UFMG em Belo Horizonte, Montes Claros, Tiradentes e Diamantina, das 8h às 17h). Nos locais com funcionamento noturno, a consulta acontece até as 22h.

Belo Horizonte, 16 de novembro de 2017.