Comunidade universitária da UFMG realiza ato contra a reforma da Previdência no campus Pampulha

A chuva não impediu que trabalhadores e estudantes da Comunidade Universitária da UFMG, mobilizados pelo SINDIFES, APUBH e DCE-UFMG realizassem um ato Contra a reforma da Previdência na manhã desta sexta, 22, no campus Pampulha.

Por volta das 8h iniciou-se uma panfletagem na portaria da avenida Antônio Carlos e na estação do Move, o material, confeccionado pela CUT e demais centrais sindicais, explica os impactos da reforma da Previdência para os trabalhadores e seus dependentes. Às 10h começou um cortejo fúnebre da reforma, acompanhado de perto pelas carpideiras dos grandes bancos, que desejam o fim da Previdência Social.

O cortejo passou pela Belas Artes, Música, Letras, Fafich, Face, Retoria e terminou na praça de serviços. Durante todo o trajeto os manifestantes panfletaram e dialogaram com a comunidade. O ato fez parte do Dia Nacional de Mobilização de Luta Contra a reforma da Previdência que, em Belo Horizonte, termina com um ato unificado, às 17h, na Praça Sete.


Disponível em <https://sindifes.org.br/sindifes-solicita-visita-do-coren-mg-ao-hospital-das-clinicas-da-ufmg-para-orientacao-sobre-uso-e-distribuicao-de-epis/> Acesso: 07/04/2020 às 07:25