Greve Geral da Educação, no dia 18 é mantida, mas não serão realizados atos de rua

A Greve Geral da Educação, no dia 18 de Março, quarta-feira, está mantida. A decisão foi tomada em reunião das entidades sindicais e movimentos sociais nesta segunda, dia 16 de março, em Belo Horizonte. A Direção do SINDIFES esteve presente na reunião que também deliberou o cancelamento dos atos em razão das medidas preventivas relacionadas à pandemia do coronavírus e seguindo as orientações da Organização Mundial de Saúde, Ministério da Saúde e Secretária de Estado de Saúde de Minas Gerais.

Orientações para a Greve Geral do Dia 18 de Março

– Dia de Greve Geral, fique em casa e não vá ao trabalho;
– Os serviços essenciais devem ser mantidos, assim como fazemos em todas as Greves e Paralisações;
– Compartilhe, nas redes sociais, materiais dos Sindicatos e em defesa da Educação e dos Serviços Públicos.

Abono de ponto

O SINDIFES irá negociar o abono de ponto, por atividade sindical, com as direções das Instituições Federais de Ensino de sua base após o dia 18 de março. Desta vez, não teremos atividades (e nem lista de presença) devido as medidas de prevenção relacionadas ao coronavírus. Isto não irá inviabilizar as negociações ou o abono. É importante que todos participem da Greve e compartilhem os materiais em suas redes.

 

 

 


Disponível em <https://sindifes.org.br/o-ato-virtual-em-defesa-de-um-orcamento-justo-para-a-educacao/> Acesso: 22/09/2020 às 23:15