Semana da Consciência Negra: IFMG terá programação com diversas atividades

Entre os dias 18 e 24 de novembro, dez campi do IFMG (Betim, Ibirité, Itabirito, Governador Valadares, Ouro Branco, Piumhi, Ponte Nova, Ribeirão das Neves, Sabará e Santa Luzia) realizam em conjunto a “Semana Integrada da Consciência Negra: compartilhando saberes, dividindo experiências”. No evento, que é fruto da iniciativa de servidoras e servidores do Instituto, serão realizadas palestras, mesas-redondas, bate-papos e oficinas, com objetivo de discutir aspectos da história, da memória, da cultura e das identidades negras. Todas as atividades são gratuitas.

Por meio dessa programação, também será ressaltada a necessidade do compromisso institucional do IFMG e dos coletivos negros na proposição de projetos de ensino, pesquisa e extensão para estabelecer ações e pautas antirracistas, a exemplo das ações afirmativas direcionadas aos indivíduos e grupos negros e às comunidades tradicionais (quilombolas e povos de terreiros).

Clique aqui para se inscrever e ver toda a programação

A decisão de realizar uma Semana Integrada advém da demanda desses servidores em planejar e organizar eventos e ações que possam (re)posicionar indivíduos negros, seus saberes e suas contribuições para a formação científica, técnica, tecnológica e profissional, em termos institucionais e nacionais. Tais perspectivas já serão abordadas a partir da abertura oficial da Semana Integrada da Consciência Negra, em parceria com a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) do IFMG.

Mesa-redonda “Educação e Escola Antirracista”

Além disso, por meio da Pró-reitoria de Ensino, o IFMG prepara a mesa-redonda “Educação e Escola Antirracista: O que é? Como fazer?”, que será realizada virtualmente, no canal IFMG Play, no dia 24 de novembro, às 14h. Será uma reunião aberta do Comitê de Ensino e Colégio de Dirigentes para marcar a adesão do Instituto Federal à educação antirracista. A ação encerrará as comemorações pelo Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro.

Na ocasião, também será realizada a assinatura de portaria pelo reitor que instituirá o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (Neabi) em todos os campi. Em breve, será divulgado o link para participação na mesa-redonda.


Disponível em <https://sindifes.org.br/intelectual-e-feminista-lelia-gonzalez-a-mulher-que-revolucionou-o-movimento-negro/> Acesso: 30/11/2021 às 02:14