Campo Cutista sai fortalecido do XXIV Confasubra e indicará 10 coordenadores à direção da FASUBRA

Campo Cutista sai fortalecido do XXIV Confasubra e indicará 10 coordenadores à direção da FASUBRA 1

Mais de mil Trabalhadoras e Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação participaram do XXIV CONFASUBRA, que discutiu e deliberou um novo Plano de Lutas para a Categoria e elegeu a direção e conselho fiscal para os próximos três anos. O Congresso da FASUBRA foi realizado entre os dias 17 e 21 de maio, no Hotel Royal Tulip Brasília Alvorada, na Asa Norte de Brasília.

O Campo Cutista saiu vitorioso no processo, elegendo 10 dos 28 coordenadores que compõem a direção nacional da Federação, ficando inclusive, com a primeira coordenação geral, que será ocupada por Cristina del Papa, atual coordenadora do SINDIFES. O plano de lutas final ainda está sendo sistematizado, pois as discussões continuarão na próxima plenária, principalmente as questões relacionadas à Carreira. Em relação ao reajuste salarial, a FASUBRA já iniciou a Campanha para 2024 com participação em ato em frente ao Anexo II da Câmara dos Deputados na quarta-feira, 17 de maio.

Eleições foram feitas com urnas eletrônicas e apoio do TRE-DF

Campo Cutista sai fortalecido do XXIV Confasubra e indicará 10 coordenadores à direção da FASUBRA 2

No domingo, 20.05, último dia do XXIV CONFASUBRA, foram realizadas as eleições para a nova direção e conselho fiscal. Pela primeira vez, as eleições foram feitas por meio eletrônico, com a utilização das urnas eletrônicas do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal, que deu treinamento e apoio durante todo o processo. O Técnico-Administrativo em Educação da UFMG, Hilbert David, que integrou a Comissão Eleitoral, destacou o avanço no processo: “o grande ganho foi em eficiência, em termos da apuração, e também da transparência do próprio processo eleitoral, que foi acompanhado pela comissão e por fiscais das chapas inscritas. O nosso objetivo foi garantir o máximo de transparência e lisura. E embora alguns problemas na logística da votação, ela aconteceu sem maiores problemas”, disse ele.

Apesar de um atraso inicial, a fase de votação ocorreu normalmente, sem incidentes consideráveis e com um grande volume da Categoria votando na abertura do processo. Por volta das 15h30 a votação já estava encerrada e foi iniciada a apuração. 

Campo Cutista elege 10 diretores

Campo Cutista sai fortalecido do XXIV Confasubra e indicará 10 coordenadores à direção da FASUBRA 3

O Campo Cutista, formado pelos grupos UNIR, Ressignificar e O Trabalho, saiu unido e teve 359 votos, conquistando 10 coordenações, entre elas a primeira coordenação-geral. Este resultado demonstrou a força da CUT dentro da FASUBRA e amplia o espaço para a discussão da refiliação à Central, que é a 5º maior do mundo.

A coordenadora-geral do SINDIFES, Cristina del Papa, foi indicada pelo Campo Cutista para assumir a primeira coordenação geral da Federação (são três coordenadores gerais). Em discurso após o resultado, ela convocou as demais forças políticas a formar uma unidade na defesa da Categoria e dos Serviços Públicos.

“Queremos fazer um trabalho coletivo, esta é a nossa bandeira, um trabalho coletivo e de unidade. Por isso fizemos esta chapa conjunta, com UNIR, Ressignificar e O Trabalho. Também esperamos a parceria com o MLC (Movimento de Luta de Classes) que é muito importante. E com as demais forças que quiserem agregar para um trabalho coletivo” discursou Cristina.

Cristina del Papa convidou os integrantes do movimento ‘TAES na Luta’, criado recentemente e com foco nas discussões sobre carreira, para a unidade e construção. “O importante para nossa Categoria é o diálogo, a parceria e o trabalho coletivo. E ficaremos muito felizes se vocês agregarem com a gente, pois será muito importante para o desafio que teremos à frente”.

Coordenação geral será formada por três mulheres

“Esta eleição colocou três mulheres na cabeça da FASUBRA. Mulher negra, mulher branca e mulher LGBT. Três mulheres poderosas, guerreiras e que chegaram ao cargo pela história e pelo trabalho em suas entidades de base. Vamos dialogar muito, fazer um trabalho coletivo, fazer a FASUBRA crescer, abrir as portas junto ao governo para discutir a Campanha Salarial e a Carreira”, finalizou Cristina.

Os grupos políticos têm até a próxima terça-feira, dia 23 de maio para definirem os ocupantes dos cargos. As Técnico-Administrativas em Educação, Loiva Isabel Marques Chansis, da UFSM, e Vânia Helena Gonçalves, da UFSCAR, são as mulheres indicadas às duas vagas da coordenação geral.

Resultado final das eleições – 1022 eleitores cadastrados

Direção Executiva

Chapa Votos Coordenadores
10 (UP/PCB) 67 2
20 (TRAVESSIA/TAE NA LUTA) 256 7
30 (OUSADIA E LUTA/BLOQUINHO) 220 6
40 (CTB) 97 2
50 (UNIR/RESSIGNIFICAR/O TRABALHO) 359 10

999 votos válidos, 1 branco e 3 nulos

Conselho Fiscal

Chapa Votos Conselheiros
100 261
200 234
300 114
400 372

981 votos válidos, 6 votos brancos e 16 nulos

 

Com informações da FASUBRA Sindical e SINTUFES


Disponível em <https://sindifes.org.br/base-do-sindifes-aprova-por-ampla-maioria-recurso-a-plenaria-da-fasubra-contra-a-quebra-da-matriz-unica-e-principios-do-pcctae/> Acesso: 14/04/2024 às 16:29