Reitor da UFVJM pratica racismo contra técnico-administrativo

O técnico-administrativo em educação Felipe Imídio Santos, lotado na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri-UFVJM, faz uma grave denúncia de racismo sofrida na última sexta-feira (1º/7), durante reunião do CONSU (Conselho Universitário), dentro da instituição de ensino pelo atual reitor. A FASUBRA Sindical repudia essa atitude preconceituosa, se solidariza com o trabalhador e tomará as medidas cabíveis.

De acordo com Felipe, ele foi expulso pelo dirigente máximo da instituição (não escolhido pela comunidade universitária) de um evento com a presença dos conselheiros do CONSU, conselho do qual faz parte, sem motivos. “Me senti profundamente desrespeitado e humilhado, de uma forma como ainda não tinha vivenciado. O olhar, a forma como fui tratado, o desprezo pela minha pessoa, tudo parecia roubar a minha humanidade. Ser conduzido pelo chefe de segurança patrimonial da instituição até o local de saída do evento, em meio a todos os participantes foi deveras constrangedor”, afirma o técnico-administrativo.

Felipe conta que antes de ser expulso, o reitor da UFVJM o havia intimidado e mandado ele “se comportar”. Mesmo afirmando que estava em seu lugar por ser servidor público da instituição, o técnico foi retirado do local.

Felipe ainda relatou casos semelhantes na instituição ocorrido com estudantes e disse que não se calará. “No intuito de mostrar que não me calarão diante de constantes intimidações e tentativas de silenciamento das falas que apresento nos espaços ainda democráticos existentes na instituição, e dos quais eu faço parte, perante situações absurdas de importunação e expulsões de estudantes negros/sociovulneráveis de residência estudantil; de intimidações e cortes de bolsas permanentes de estudantes quilombolas; dentre outras situações, é que venho relatar o que vivenciei”, explicou.

Confira o depoimento na íntegra.


Disponível em <https://sindifes.org.br/fasubra-publiciza-nota-repudiando-os-cortes-na-educacao-em-nome-da-categoria-que-mais-uma-vez-sente-se-atacada-pelo-governo/> Acesso: 11/08/2022 às 02:30