Base do SINDIFES paralisa as atividades nesta quinta, 28 de abril, na Luta Pela Recomposição Salarial

Nesta quinta-feira, dia 28 de abril, os Técnico-Administrativos em Educação da base do SINDIFES participam da Paralisação Nacional dos Servidores Públicos Federais convocada pelo FONASEFE (Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais), do qual a FASUBRA (Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil) faz parte.

Na Assembleia da UFMG, na manhã desta terça-feira, dia 26 de abril, os TAE da UFMG deliberaram, além da paralisação, um Ato que será realizado na Assembleia do dia 28, às 8h, na portaria da Avenida Antônio Carlos, no Campus Pampulha, fazendo parte do calendário proposto pela FASUBRA e FONASEFE.

Nesta semana, em todo o Brasil, estão sendo realizados atos como parte da Jornada de Lutas pela recomposição inflacionária de mínimo de 19,99% (referente à inflação dos últimos três anos).

A Categoria não acredita no suposto aumento de 5% anunciado pelo governo à imprensa. Na avaliação dos TAE, os 5% são uma afronta para quem, apenas nos últimos três anos, perdeu 19,99%. 

 


Disponível em <https://sindifes.org.br/nota-de-repudio-contra-as-acoes-antidemocraticas-do-reitor-interventor-da-ufvjm-janir-alves-soares/> Acesso: 02/12/2022 às 09:12