IFMG: comunidade acadêmica escolhe reitor e diretores de campi para o quadriênio 2023–2027

A Comissão Eleitoral Central do IFMG divulgou, nesta quinta-feira (15), o resultado da votação para os cargos de reitor e diretores de campi para o quadriênio 2023-2027. 

Para o cargo de reitor, a vitória coube ao candidato Rafael Bastos Teixeira, professor do Campus Bambuí, com 34,82% dos votos válidos. Rafael ficou à frente dos professores Carlos Bernardes, de Formiga (24,88%), Solange Rodrigues (18,04%), de Ouro Preto, e Flávio Godinho (2,78%), também de Bambuí.

IFMG: comunidade acadêmica escolhe reitor e diretores de campi para o quadriênio 2023–2027 1

Nos campi, foram reeleitos os diretores Robert Cruzoaldo (Congonhas), Reginato Fernandes (Ouro Preto), Maria das Graças de Oliveira (Ribeirão das Neves) e Wemerton Luis Evangelista (Santa Luzia), além de Humberto Melo (Piumhi) e Daniel França Fonseca (Itabirito), candidatos únicos em suas unidades. Os demais campi terão à frente diretores que estreiam na função:

IFMG: comunidade acadêmica escolhe reitor e diretores de campi para o quadriênio 2023–2027 2
Conforme o cronograma das eleições, recursos poderão ser apresentados até o dia 19 de junho. O resultado final será divulgado no dia seguinte (20) e irá para homologação do Conselho Superior. Assim que ocorrer a homologação, prevista para 3 de julho, a documentação será apresentada ao Ministério da Educação, que marcará a posse do novo reitor. Este, por sua vez, dará posse aos diretores de campi.

PARTICIPAÇÃO AMPLA 

A comunidade acadêmica participou em peso da eleição realizada virtualmente, totalizando 10.642 votos válidos registrados. Nesse sentido, vale destacar o envolvimento massivo dos TAEs. Para se ter uma ideia, a Categoria contribuiu em 12% para a vitória do novo reitor, considerando a porcentagem de votos recebida por ele (34,82%). 

AUTONOMIA NA ESCOLHA 

Os Técnico-Administrativos em Educação do IFMG, em Assembleia Sindical Geral realizado no dia 6 de junho, fizeram uma análise da conjuntura das eleições para reitor do Instituto e deliberaram, em consenso, que o SINDIFES não apoiará nenhum candidato. Essa decisão deu aos TAEs total liberdade para escolherem a chapa que melhor representa seus ideais.

Um ponto destacado durante a Assembleia foi a percepção de que o contexto desta eleição é bastante diferente das eleições anteriores. Com a presença de quatro chapas concorrendo à reitoria, fica evidente o amadurecimento da comunidade em relação ao processo eleitoral, tendo diversidade de ideias e candidatos.

O SINDIFES parabeniza e deseja sucesso ao reitor e às diretoras e diretores de campi na condução administrativa do IFMG. Também parabenizamos os demais candidatos, que garantiram a pluralidade de ideias e o bom debate sobre questões centrais do Instituto.  

 

Com informações do IFMG

 


Disponível em <https://sindifes.org.br/ifmg-abre-inscricoes-para-curso-de-heteroidentificacao-racial/> Acesso: 01/03/2024 às 15:22