Informe sobre a reunião do SINDIFES com a Reitoria da UFMG sobre o PGD

Na última sexta-feira, dia 24 de março, a Direção do SINDIFES participou de uma reunião com a Reitoria da UFMG sobre o PGD (Programa de Gestão de Desenvolvimento) da Universidade. O programa prevê a habilitação e adesão dos servidores a modalidade do teletrabalho. A pedido do SINDIFES, a reunião foi aberta aos membros do Conselho Universitário, Conselho Diretor e CIS (Comissão Interna de Supervisão da Carreira). Participou da reunião, pela administração, a Reitora da UFMG, Professora Sandra Regina Goulart; a Pró-Reitora de Recursos Humanos, Professora Maria Márcia Magela; e a Pró-Reitora adjunta de Recursos Humanos, Técnica-Administrativa em Educação, Leonor Gonçalves.

A apresentação foi realizada pela Pró-Reitora de Recursos Humanos, profa. Maria Márcia Magela. Ela iniciou explicando que em 2021 foi criada uma comissão para subsidiar normativas e critérios para a implantação do PGD UFMG. Em 2022, esta comissão precisou rever a análise em função da publicação do Decreto nº 11.072/2022 e, posteriormente, a revogação da IN 65/2022 e a publicação da IN 89/2022. Em 2023, com a entrada do novo governo, a IN 89/2022 foi suspensa.

Principais diretrizes apresentadas:

  • PGD aplica-se somente aos servidores Técnico-Adminstrativos em Educação em exercício;
  • A modalidade será teletrabalho híbrido;
  • Teletrabalho integral poderá acontecer em casos excepcionais;

Perspectivas

  • Edição de portaria da Reitoria instituído o PGD e estabelecendo procedimentos gerais para a implantação;
  • Proposta de implantação de projeto piloto até o final do primeiro semestre de 2023;

Ao final da reunião ficou acordado que o SINDIFES convocará uma Assembleia para que a proposta de PGD seja apresentada e a Categoria possa tirar dúvidas sobre o programa.

O SINDIFES já solicitou uma data para que a PRORH-UFMG possa apresentar a proposta de PGD e aguarda esta resposta para marcar a Assembleia.


Disponível em <https://sindifes.org.br/comando-de-greve-da-ufmg-e-do-cefet-mg-publicam-documento-sobre-os-servicos-essenciais/> Acesso: 13/06/2024 às 17:03