TAE da UFMG recebe menção honrosa em prêmio nacional de nanobiotecnologia

Daniela Reis, técnica-administrativa em educação do laboratório de citometria de fluxo do Centro de Laboratórios Multiusuários (CELAM) do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG (ICB-UFMG), recebeu uma menção honrosa no III Simpósio Nacional de Nanobiotecnologia pela sua pesquisa em amplificação do sinal de fluorescência por nanopartículas de ouro aplicadas à citometria de fluxo. A servidora atua na captura e análise de dados biológicos como suporte a pesquisadores, professores e técnicos da comunidade acadêmica e externos à UFMG.

“Pra mim o destaque foi uma surpresa, principalmente por ser técnica”, afirma Daniela. Sua pesquisa gerou um depósito de pedido de patente em 2020. Com resultados promissores, ela decidiu levá-lo ao simpósio. “Espero que sirva como incentivo para outros colegas”, afirma. Para Daniela, o trabalho de seus pares do ICB-UFMG foi fundamental para a conclusão da pesquisa, recebendo apoio de diversos outros membros da instituição.

O artigo, publicado no repositório institucional da UFMG, encontra formas de melhorar a detecção de fluorescências por meio da amplificação do sinal. Esse tipo de melhoria pode tornar mais eficiente e esclarecedor o processo de análise de estruturas celulares em futuras pesquisas.

A pós-doutoranda do laboratório de Biologia Celular do departamento de Morfologia, em colaboração com o departamento de Física da UFMG, Lidia Maria de Andrade, também recebeu uma menção honrosa no mesmo evento por sua pesquisa em células que afetam a laringe. Por fim, Daniela destaca a relevância desse prêmio e do trabalho dos membros da instituição: “A Universidade ganha muito com isso, com técnicos capacitados que ajudam no desempenho das pesquisas”.

Para saber mais sobre a pesquisa, clique aqui.

 

TAE da UFMG recebe menção honrosa em prêmio nacional de nanobiotecnologia 1

III Simpósio Nacional de Nanobiotecnologia

O III Simpósio Nacional de Nanobiotecnologia é um evento que ocorreu no Rio de Janeiro entre os dias 8 e 10 de novembro, organizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que contou com palestras e mesa-redonda das áreas de nanossistemas para liberação de substâncias bioativas, nanodispositivos, nanomateriais e nanotoxicologia, com renomados pesquisadores da área e com representantes do setor produtivo fomentando iniciativas empreendedoras. Sendo considerado um dos maiores eventos da área em território brasileiro

Texto: ICB – UFMG


Disponível em <https://sindifes.org.br/servidores-negros-da-ufmg-sao-homenageados-em-memorial/> Acesso: 01/03/2024 às 13:55