TAE da UFMG aprovam participação na Greve Geral da Educação no dia 15 de maio

TAE da UFMG aprovam participação na Greve Geral da Educação no dia 15 de maio 1

Em Assembleia Sindical Geral, na manhã desta sexta, 10, os Técnico-Administrativos em Educação da UFMG, aprovaram, por unanimidade, a paralisação das atividades na Greve Geral da Educação, no dia 15 de maio. Com esta decisão a Categoria se une aos trabalhadores e trabalhadoras da Educação das esferas municipal, estadual e federal que lutam em Defesa da Educação Pública, Gratuita e de Qualidade, contra os cortes orçamentários e contra a reforma da Previdência.

O corte de 30%, anunciado pelo governo Bolsonaro, no orçamento das universidade inviabilizará o funcionamento das instituições, provocando a perda de pesquisas, evasão de estudantes e pesquisadores e até mesmo o fechamento de unidades. A UFMG soltou nota, no dia 3 de maio, informado sobre o impacto do contingenciamento dos recursos necessários para seu funcionamento.

O objetivo da paralisação é chamar a atenção da sociedade para os impactos da Reforma da Previdência na vida dos trabalhadores e trabalhadoras e denunciar o ataque do governo federal as instituições federais de ensino e mais esse corte absurdo de 30% nos custeio o que pode inviabilizar o funcionamentos das IFES.

Leia mais:

SINDIFES convoca Categoria para Greve Geral no dia 15 e maio

Download Premium WordPress Themes Free
Download Premium WordPress Themes Free
Download Nulled WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
download udemy paid course for free

Disponível em <https://sindifes.org.br/greve-geral-nesta-terca-13-movimenta-trabalhadores-e-estudantes-em-defesa-da-educacao-publica-confira-a-agenda/> Acesso: 20/08/2019 às 22:24