SINDIFES acorda liberação dos trabalhadores da Enfermagem para a Paralisação em Defesa do Piso, no dia 21 de setembro

A Direção do SINDIFES realizou uma reunião, na última segunda, 19, com a Diretora do HC-UFMG com o objetivo de liberar as trabalhadoras e trabalhadores da enfermagem para participarem da Paralisação Nacional em Defesa do Piso Salarial da Enfermagem, que ocorrerá na quarta-feira, 21/9, com concentração na Praça da Estação, a partir das 9 horas. Após a concentração sairemos em passeata pelo centro de BH.

Na reunião ficou acertado que:

1) as chefias devem conversar com a equipe de trabalho e acertar a liberação de, no mínimo, uma pessoa por setor;

2) os trabalhadores da enfermagem devem ir ao HC para assumir o plantão e, após definições da equipe, ocorrer a saída, com a ciência da chefia;

3) quem for liberado deve preencher a folha virtual de entrada e saída;

4) as cirurgias nos blocos cirúrgicos, que dependem da enfermagem para auxiliar, serão reduzidas;

5) os trabalhadores da enfermagem que estiverem em setores administrativos serão liberados, independente da escala;

6) os trabalhadores lotados nos ambulatórios serão liberados após a organização para as consultas que são realizadas pelos médicos e não precisam da enfermagem;

7) a saída nos setores deve ser de, no mínimo, uma pessoa. Podendo sair mais, dependendo da escala e de acordo interno;

8) o SINDIFES estará em contato permanente com a Direção do HC e com a VDTE para esclarecimentos, discussão e alinhamentos necessários para que as chefias façam a liberação sem conflitos.

Estamos atentos à mobilização da greve dos trabalhadores da EBSERH, para que também não ocorram conflitos, com relação a saída dos RJU para a manifestação e nem dos CLT para a greve.

8) a VDTE fará reunião hoje, dia 20, com as chefias para repassar os encaminhamentos relacionados à paralisação do RJU e da greve da EBSERH.

 

A partir dos informes acima orientamos que os trabalhadores:

1) conversem nos seus setores de trabalho para negociar a saída do plantão;

2) participem da manifestação com roupa branca e com jaleco, se possível;

3) preencham a folha virtual, entrada e saída;

4) quem estiver de folga deve participar do movimento de rua para reforçar a manifestação em defesa do piso;

5) a paralisação do RJU será somente no período da manhã; 

6) o encontro dos trabalhadores que forem liberados será na portaria de entrada do HC. Vamos seguir juntos para a Praça da Estação.

Acreditamos que esse momento é extremamente importante e precisamos demonstrar a nossa força para que o piso seja realmente implementado. 

Nossa luta é contra a intervenção do governo federal, dos grandes empresários de planos de saúde, hospitais filantrópicos e particulares que não querem pagar o piso da categoria.

Participem! Juntos Somos Mais Fortes!


Disponível em <https://sindifes.org.br/enfermagem-faz-abaixo-assinado-para-pressionar-bolsonaro-a-sancionar-piso-nacional-da-enfermagem/> Acesso: 27/09/2022 às 21:15